aleluia

O deputado federal eleito e presidente estadual do Democratas, José Carlos Aleluia, comentou nesta manhã, durante entrevista ao programa Conexão CBN, sobre a disputa entre os presidenciáveis Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT). Segundo Aleluia, o nível está acirrado, mas, no momento, a população está “querendo discutir o futuro do país”. “As pessoas estão preocupadas com a inflação, não pelos índices economistas, e sim porque o preço das escolas, do mercado e de outras coisas estão subindo”, opinou. Questionado sobre a afirmação do governador Jaques Wagner (PT), que declarou que a corrupção é um tema rejeitado pela população, Aleluia disse que o PT, inclusive o governador, pretende passar a ideia de que roubar dinheiro público é normal. Sobre a derrota de Paulo Souto (DEM) para governador, o deputado disse que, além de o PT ter usado a máquina pública ao seu favor, o fato de o tucano Aécio Neves ter ficado muito atrás nas pesquisas do primeiro turno, foi um fator que influenciou. “Dilma estava muito bem, o que não está acontecendo agora, e acabou ajudando o candidato Rui Costa”, disparou. Perguntado sobre o que achava do nível da Câmara Federal, o democrata afirmou que ultimamente a Casa está “fragilizada”. “Eu que passei 20 anos no Congresso, sinto que o padrão caiu muito. É preciso que as pessoas se esforcem muito mais”.