da luz

Momentos antes do início do debate da Rede Bahia, nesta terça-feira (30), o candidato Rogério Tadeu Da Luz (PRTB) foi chamado de “vendido” por um assessor seu e do candidato a deputado federal Pastor Elionai (PRTB). Idenficado como Clécio, ele foi visto em uma discussão com a assessora do postulante ao governo do Estado. Ao ser questionado por uma jornalista sobre o motivo da briga, ele apenas afirmou: “Tá vendido mesmo e acabou. Tá vendido”. A assessoria de Da Luz afirmou que o problema se tratava de “uma questão pessoal, de foro íntimo”. Clécio não participou da “preleção” de Rogério, que teve direito à presença de um líder religioso na sala de espera reservada ao candidato.