8704-3

A presidente Dilma Rousseff anuncia nesta sexta-feira (9), pela terceira vez consecutiva, verbas para o metrô de Curitiba, que ainda não saíram do papel, informa a Folha de S. Paulo. A mandatária já esteve na capital paranaense em outubro de 2011 e no mesmo mês do último ano pela mesma razão. Depois disso, a administração municipal foi assumida por um aliado, o pedetista Gustavo Fruet. Por este motivo, o projeto foi modificado e o custo cresceu. Anteriormente, Dilma prometeu R$ 1 bilhão e, em seguida, R$ 1,8 bilhão, dinheiro oriundo do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Os aliados da petista argumentam que este é o “maior investimento da história de Curitiba”, para explicar a terceira ida da presidente à cidade para falar sobre a mesma obra. Serão investidos, no total, R$ 4,5 bilhões no projeto.

Bahia Notícias