Dilma-Rousseff

Um dia depois dos protestos de rua em algumas cidades do país que, entre outras demandas, criticaram gastos públicos com a realização da Copa, a presidente Dilma Rousseff defendeu nesta sexta-feira (16) o legado do Mundial. Durante evento no interior do Piauí, ela também fez um apelo para que os brasileiros recebam “bem” os turistas que vão acompanhar o torneio entre junho e julho. ”Somos um povo alegre, generoso e amigo. Vamos demonstrar nessa Copa, porque vai andar turista por todo o Brasil, mesmo onde não há sedes, que somos capazes de receber bem”, declarou Dilma, que voltou a empregar o mote “Copa das Copas” durante o evento na cidade de Parnaíba, localizada num Estado que não está entre as 12 sedes de jogos da competição. ”Sabemos que a única coisa que o turista carrega na mala, porque ele não pode carregar aeroporto, estádio e obras de mobilidade, é a sensação de que foi muito bem-recebido”, finalizou a presidente.

Bahia Notícias