Os pré-candidatos ao Senado e Governo,  Geddel Vieira Lima (PMDB) e Paulo Souto (DEM),respectivamente, ganharam mais uma nova recepção neste fim de semana. Desta vez, a dupla oposicionista foi recebida pela população de Eunápolis. A chapa veio acompanhada dos deputados federais Jutahy Magalhães (PSDB), Lúcio Vieira Lima (PMDB), Jânio Natal (PRP) e Fabio Souto (DEM), do estadual Bruno Reis (DEM), os pré-candidatos a Deputado Federal, José Carlos Aleluia (DEM), João Gualberto (PSDB), Tabajara Soares Marques (PMDB) e Uldurico Júnior (PTC), os pré-candidatos a Deputado Estadual Marta Helena (PSDB) e Lucas Bocão (PTC) e lideranças políticas regionais, no Hotel Oceania, nesta manhã de domingo do Dia das Mães.

 ”A Bahia está sem comando, não tem um governo que cuide dos baianos. Temos a maior taxa de homicídios juvenis e o estado é o quinto mais violento do país. Mais de 34 mil pessoas morreram no estado nos últimos sete anos por conta da violência, enquanto no Rio de Janeiro, São Paulo e Pernambuco os índices estão diminuindo. Mães estão dando à luz nas ruas e em corredores de hospitais. Não podemos nos conformar com essa situação” admitiu.

IMG_20140511_111418986[1]

Geddel ratificou que esse futuro está nas mãos do povo e que o atual governo da Bahia já começa a procurar prefeitos para assinar convênios de R$ 300 mil, mas que essa conta vai ficar pendurada no Tribunal de Contas e que mesmo assim eles vão perder a eleição. “Venham com a gente, o que está aí já deu, o PT teve sua chance e fez muito pouco. É hora de despertar a fé e a esperança”, sugeriu.

Geddel-e-Paulo-Souto-em-Eunapolis-1

“Paulo é mil vezes melhor do que o candidato do governo, tem uma boa experiência acumulada e possui projetos claros para ajudar a Bahia”, Concluiu