xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.ze6WECL6Pv

O senador Humberto Costa (PE), líder do PT no Senado, afirmou, em artigo publicado neste domingo (11) no UOL, que o “discurso do novo” utilizado pelo presidenciável do PSB, Eduardo Campos, foi copiado da campanha eleitoral de 2008 do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. “Eduardo Campos? Não, essas não são palavras do pré-candidato do PSB. Elas foram ditas por Barack Obama em 2008, quando ele disputou pela primeira vez a presidência dos Estados Unidos”, ironizou o petista, ao apresentar trecho de um discurso em que o democrata prega o fim da “política do passado” e defende “uma nova política para um novo tempo”. Eis o suposto plágio: “Chega da política do passado. O maior risco que temos é tentar a velha política de sempre, com os mesmos velhos jogadores, e esperar um resultado diferente. (O povo) se levanta e insiste em novas ideias e nova liderança, uma nova política para um novo tempo”. De acordo com Costa, o comportamento do ex-governador de Pernambuco “está contaminado por esse desejo de turvar a compreensão do eleitor”. “Pegam um discurso de seis anos atrás, utilizado em outro país e num contexto político completamente diferente do nosso, e resolvem encaixá-lo aqui em 2014 para ver se cola. Ou seja, temos aí uma pérola da marquetagem política, pura retórica destinada mais a persuadir que esclarecer o eleitor”, acusa, ao citar Cazuza e dizer que os discursos do socialista “são museus de grandes novidades”: “é discurso frouxo de quem não tem nem o que propor nem o que mostrar”.

Bahia Notícias