Sem título

 Na manhã desta segunda-feira (17/02) A Justiça Eleitoral da 35ª Zona Eleitoral das comarcas de Mucuri e Nova Viçosa decretou a cassação do Prefeito Márvio Mendes e Manoelzinho da Madeira será empossado como novo prefeito. A juíza eleitoral Tarcísia de Oliveira Fonseca, cassou o mandato de Márvio Mendes (PMDB), eleito em 2012 com 47,72% dos votos válidos (9.650) pela Coligação “Nova Viçosa Continuando o Trabalho” (PRB / PP / PTB / PMDB / PSL / PSC / PSDC / PRP / PSD / PC do B / PT do B), por meio de uma ação de impugnação de mandato eletivo sob o Processo nº 736.46.2012.6.05.0035, proposta pelo segundo colocado Manoel Costa Almeida, o “Manoelzinho da Madeira” (DEM) da Coligação “Nova Viçosa – Vencer para Crescer” (PTN / PR / DEM / PHS / PTC) na qual obteve nas eleições municipais de 2012, 46,30% dos votos (9.363), a justiça ainda decretou a inelegibilidade do ex-prefeito “Robinho” em Nova Viçosa.

A cassação de Márvio Mendes se deu por conta de um Projeto de Lei encaminhado para Câmara Municipal no ano de 2012, na época Márvio era o presidente da câmara, o Projeto do então prefeito Carlos Robson Rodrigues da Silva, o “Robinho” (PP), oferecendo anistia e redução de impostos para a população no pagamento dos seus tributos, cujo projeto foi aprovado, Contudo, o projeto não foi sancionado e o seu veto foi declarado pelo prefeito da época ao reconhecer a ilegalidade do seu vigor em ano de eleição. Mas, a ação mesmo assim foi proposta e acolhida e denunciada pelo MP e aceita pela Justiça Eleitoral que considerou que houve a intenção de compra de votos com o projeto acima citado. Por volta das 11h30 desta segunda-feira (17), o segundo colocado nas últimas eleições o“Manoelzinho da Madeira” foi diplomado prefeito de Nova Viçosa pelo Cartório Eleitoral.

A decisão da juíza será publicada em 48 horas no Diário Oficial Eleitoral da Bahia e o presidente da Câmara Municipal de Nova Viçosa deverá ser citado para dar posse ao novo prefeito na próxima quarta-feira (19), quando o presidente Rogério Benjamim (PC do B) deverá marcar a solenidade de posse do novo prefeito Manoelzinho da Madeira.

Manoel Costa Almeida, filiado ao DEM, de 66 anos, administrou o município por dois mandatos (1997-2000 e 2001-2004), retorna após 10 anos.

Por: Felipe Brito