angenicad

Pelos menos três nomes novos que ventilam na opinião pública como prováveis escolhidos para o cenário de 2016 em Itamaraju, foram vistos juntos esta semana reunidos com o pré-candidato ao Governo da Bahia, Paulo Souto (DEM), em Salvador. O ex-vereador Elan Wagner Santos Chaves, o “Elan de Lozinho” (PSDB), o agropecuarista Jorge Almeida e o médico Marcelo Angênica, acompanhados do deputado estadual Adolfo Viana (PSDB) e do deputado federal Jutahy Magalhães (PSDB), estiveram reunidos com Paulo Souto.

O ex-vereador Elan de Lozinho, presidente municipal do PSDB, negou que tenha ido conversar sobre plano para 2016 e sim discutir missões para as eleições de 2014, no entanto, ressaltou que a política é um dos mais importantes elementos da democracia e existe um projeto político para a solidez de Itamaraju. “Embora as propostas ganhem densidade em uma pessoa, o que é importante é o projeto político que é desenhado para o município. O DEM e o PSDB são partidos que dão grande importância a construção de um projeto político com a participação popular. Por isso estamos hoje aqui”, destacou Elan de Lozinho.

Para o agropecuarista Jorge Almeida, o município de Itamaraju, um dos mais importantes da economia baiana, enfrenta hoje desafios nas áreas da agricultura familiar, educação, saúde e segurança pública, razão pela qual, é preciso estabelecer quais serão as prioridades da administração da cidade, qual será o investimento em determinadas áreas, que serão, aliás, apontadas pela população como prioritárias. “Além disso, há outras  áreas, diagnosticadas pelo administrador cujo investimento sempre se relaciona com novas obras – o caso do saneamento básico, por exemplo, que sempre vem acompanhado por obras de pavimentação, asfaltamento e instalação de empresas para geração de emprego e renda”, enfatizou Jorge Almeida.

De acordo com o médico Marcelo Angênica, a renovação é necessária e a união só é possível quando se entende a necessidade dela para fortalecer um projeto maior, por isso é necessário estabelecer um amplo debate com a sociedade itamarajuense sobre os rumos e o futuro do município, a partir da construção de uma nova agenda que insira Itamaraju no desenvolvimento sustentável com inclusão que vive especialmente o Nordeste Brasileiro. “Estamos partilhando nossas experiências e os melhores propósitos para apresentar um projeto comum a ser discutido com a sociedade e definir alternativas eleitorais, respeitados os pressupostos do pluralismo, base de sua inspiração para que promova as transformações que Itamaraju tanto precisa”, ressalta o médico Marcelo Angênica.

 

Por Athylla Borborema/Teixeira News