marina1

A ex-candidata à presidência Marina Silva (PSB) declarou o seu voto e apoio ao pleito de Aécio Neves (PSDB) para a disputa eleitoral dos presidenciáveis no segundo turno. Em carta aberta na manhã deste domingo (12), Marina explica que viu em documento assinado por Aécio e apresentado em Recife no sábado (11) “mais um elo no encadeamento de momentos históricos que fizeram bem ao Brasil e construíram a plataforma sobre a qual nos erguemos nas últimas décadas”, de acordo com nota da ex-postulante. O ofício “Juntos pela Democracia, pela Inclusão Social e pelo Desenvolvimento Sustentável”, do tucano, prevê medidas sociais e ambientais caso Aécio seja eleito presidente do Brasil, a exemplo de Reforma Agrária e institucionalização do programa Bolsa Família. Marina afirma, também, que a escolha de seu apoio foi baseado no pensamento de alternância de poderes. “Aécio retoma o fio da meada virtuoso e corretamente manifesta-se na forma de um compromisso forte, a exemplo de Lula em 2002, que assumiu compromissos com a manutenção do Plano Real, abrindo diálogo com os setores produtivos”, comenta Marina, em anúncio.  Ela enfatiza que a sua decisão não está ligada a acordos ou alianças. Ela segue a decisão do PSB nacional, que também declarou adesão à candidatura do tucano. Confira aqui o posicionamento de Marina Silva na íntegra.