Alvaro-Dias

Senadores protocolaram as assinaturas necessárias para a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) no Senado para investigar denúncias de irregularidades envolvendo a Petrobras, informou nesta quinta-feira a assessoria do senador Álvaro Dias (PSDB-PR), responsável pela apresentação do pedido na Secretaria-Geral da Casa. O documento reúne 28 assinaturas de apoio à criação da CPI. São necessárias 27 assinaturas para viabilizar a investigação. A estatal tem sido alvo de denúncias de irregularidades na compra de uma refinaria em Pasadena, nos Estados Unidos. As assinaturas serão conferidas na Secretaria-Geral do Senado e podem ser lidas ainda nesta quinta-feira, no plenário. Os senadores que apoiaram a investigação têm até a meia-noite do dia em que o requerimento for lido em plenário para retirar suas assinaturas se decidirem desistir. Deputados também se mobilizam na Câmara para obter assinaturas necessárias para uma CPI. No caso da Câmara, exige-se que 171 parlamentares apoiem o pedido.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)