Vereador

A sessão ordinária da última terça-feira (13/5) na Câmara Municipal de Prado foi marcada por uma cena lamentável.

O vereador Robertinho Brito (PP), chamou o professor municipal Antônio Eduardo de marginal, e solicitou ao presidente da câmara que chamasse a polícia para retirar o professor da sessão.

A revolta popular se instalou imediatamente na Câmara por moradores que ali se faziam presentes.

Visivelmente alterado, o vereador ordenava que se retirasse da Câmara qualquer um que o questionasse, como foi o caso do jornalista Márcio Hack, do portal Teixeira Notícias que exigiu respeito do vereador com os presentes e também acabou agredido verbalmente.

“E se você se comporta dessa maneira, também você é [marginal]. E você se retira daqui, se retire, se retira daqui”, disse o vereador Robertinho aos gritos direcionado ao jornalista.

Clique aqui e veja o vídeo

Conteúdo retirado do Teixeira Notícias.