DSC_0657

O PV aprovou na noite desta quinta-feira (29), em reunião realizada na sede do partido, no Rio Vermelho, em Salvador, um indicativo de apoio a Paulo Souto (DEM), pré-candidato ao governo do Estado pela chapa das oposições. Segundo o presidente regional da legenda, o prefeito de Licínio de Almeida, Alan Lacerda, a confirmação da aliança dependerá do aval do ex-governador. “Vai depender da análise dele. Vamos entregar um documento com 43 questões relacionadas à sustentabilidade. É uma pauta mínima do ponto de vista do partido. O apoio a ACM Neto se deu exatamente nas mesmas condições”, disse. Ainda de acordo com o dirigente, a quantidade de propostas que condicionam o apoio do PV ao programa de Souto tem o simbolismo de ser “o número do partido”. A previsão da sigla é de que o acordo seja completamente fechado nesta segunda-feira (2). “A expectativa é de que ele aceite os pontos que propomos. As alianças fazem parte de todo o jogo eleitoral, mas no sentido partidário, além da questão de meio ambiente, há outros aspectos ricos e importantes, como educação, tecnologia, saúde”, argumenta Lacerda. Se efetivada, a coligação já será confirmada na segunda, no entanto, o PV fará um evento formal para anunciar o apoio. “Se essa aliança acontecer, vamos querer celebrar com a militância e com outras figuras do mundo político”, ressalta.

Bahia Notícias